8 de março

A Revista Motociclismo convidou suas leitoras a enviarem fotos com suas motos e montou essa galeria belíssima de imagens. Excelente atitude dessa revista que tem dedicado cada vez mais espaço ao público feminino, atendendo ao crescimento de mulheres que entram neste universo, mas coisa ainda rara neste meio. Meus parabéns a revista e aos responsáveis por esta ideia. É assim que nos merecemos ser retratadas! Menos paddock girls, mais mulheres reais vivenciando a liberdade! Parabéns mulheres motociclistas! Orgulho de ver rostinhos conhecidos neste álbum. E aos que se incomodam com a nossa presença cada vez mais constante nas ruas, nas estradas e nos grupos de motociclismo: vai ter mulher pilotando sim, e se ficar reclamando, vamos levar mais uma na garupa :P

http://carroonline.terra.com.br/motociclismoonline/noticias/ultimas-noticias/feliz-dia-da-mulher/

 

Morro da Igreja - Parque Nacional de São Joaquim - SC - dez/2013 - Intruder 250
Morro da Igreja – Parque Nacional de São Joaquim – SC – dez/2013 – Intruder 250
8 de março

Vídeo Retrospectiva

Tenho muita coisa pra atualizar neste blog, tem a viagem que eu fiz pra Foz do Iguaçu de Sahara reformada, tem a decisão de trocar a mini-custom por uma trail (e eu tô vendendo a minha linda Intruder 250 ó) mas revendo este vídeo (que eu gosto de rever sempre) percebi que ele ainda não tinha sido postado aqui!

Retrospectiva do Thiago Santos das aventuras de moto 2012/2013:

 

Paranapiacaba
Mogi-Bertioga – Com neblina
Paranapiacaba 2
Mogi-Bertioga 2 – Com chuva
Mogi-Bertioga 3 – Ilhabela
Fernão Dias – Monte Verde
USP – Alagamento
Viagem Sul – Florianópolis
Viagem Sul – Morro da Igreja, Serra do Corvo Branco e Serra do Rio do Rastro
Mogi-Bertioga – Intruder 250
Campos do Jordão – Pedra do Baú
Test Ride – Ducati Monster 796
VIagem Sul – Saida, Morro da Igreja, Cânions Cambará do Sul – RS

 

E a felicidade de ter participado de muitas delas!

Vídeo Retrospectiva

Pilotar uma moto: uma das melhores sensações que se pode ter!

Ah, claro, deve haver coisas melhores ou tão boas quanto, mas pilotar uma moto é, sem dúvida, UMA DAS MELHORES SENSAÇÕES QUE SE PODE TER!

Não dá pra descrever, tem que sentir.

É como quando você era criança (ou adulto!) e saiu pedalando sua bicicleta pela primeira vez. No meu caso, quando eu recoloquei os patins nos pés depois de anos sem eles.

Parecia tão difícil naquele circuito curto.. que nada! É fácil! É como andar de bicicleta.

Li e ouvi tanta coisa que tinha medo do freio dianteiro (quase proibido nas aulas da moto-escola!), achava que ía voar da moto. Nada disso. É como andar de bicicleta.

Retrovisores! Como é que eu ando há 5 anos de bicicleta no trânsito sem eles? Preciso instalar!

Me sinto como quando a bicicleta mudou minha vida, me tirando daquela tortura do congestionamento diário do carro e me tornou dona do meu tempo.
É como se eu descobrisse um segredo e quisesse compartilhar com todo mundo, quisesse que todo mundo, o mundo todo, pudesse experimentar.

É o que eu estou sentindo, gente, FELICIDADE!

Pilotar uma moto: uma das melhores sensações que se pode ter!