>Como tudo REcomeçou

Me mudei de São Paulo para Osasco. Na época, trabalhava em Barueri, há 6 km de casa, o que significaria uma facilidade incrível para chegar a empresa diariamente. Ou não… O que parecia maravilhoso e extremamente fácil transformou-se numa maratona diária de stress… Parece até mentira, mas para percorrer estes 6 kms diariamente eu pegava dois ônibus e demorava entre esperar o ônibus e chegar à empresa, mais de uma hora. Definitivamente aquilo não era legal. Era uma distância muito curta pra demorar e gastar tanto! Sem falar na precariedade do transporte coletivo de Osasco: falta educação e treinamento aos motoristas e cobradores, faltam ônibus, falta espaço dentro dos que existem…

Qual seria a solução? Comprar um segundo carro para apenas duas pessoas?
Confesso que por algum tempo mantive a primeira idéia, um carro resolveria o problema do tempo e do conforto, já que eu demoraria no máximo 10 minutos.

Bem, analisando melhor, eu demoraria uma meia hora, prevendo os congestionamentos da região para chegar com folga na empresa. Bem, talvez demorasse mais.. minhas idas ao trabalho de carro demonstravam que não bastava sair do ônibus pois o congestionamento continuava lá também para quem se deslocava de carro, e, na prática eu já havia constatado ficar parada no trânsito dentro de um carro não era em nada mais confortável que o ônibus, era na verdade mais estressante, aquele para e anda interminável…

E um carro para andar 6 km??? Todo aquele gasto com combustível, manutenções, estacionamento para percorrer uma distância tão curta?
Não, definitivamente não era viável, teria que encontrar outra alternativa.

Este “pequeno” martírio diário se estendeu por mais de 1 ano até que finalmente eu não aguentei mais e surtei! Simplesmente não aceitava o fato de estar tão perto e não desfrutar de nenhum conforto com isso, de esperar uma eternidade e pegar 4 ônibus por dia, de pagar caro e ir espremida dentro deles.. de estar no ponto e o motorista parar ou mais pra frente ou mais pra trás.. ou de ir de carro achando que tinha encontrado a solução e descobrir que tanta gente achava mais confortável se deslocar de carro quando na verdade ele não aliviava em nada o problema, só agravava a situação… Cansei de sair de casa cada dia com mais antecedência e mesmo assim chegar atrasada de vez em quando.

Foi aí que finalmente abri os olhos para elas: as bicicletas!
Seria viável ir de bike pro trabalho? Será que eu aguentaria pedalar todo dia? E quanto tempo eu demoraria? Será que não era perigoso?

Comecei a me questionar e a prestar atenção ao percurso, além de curto, quase não tinha subidas, hum.. interessante! Passei então a pesquisar na internet sobre o assunto e encontrei diversos sites com informações sobre como pedalar no trânsito, como escolher uma bicicleta e ainda, com vários exemplos de pessoas que adotaram as magrelas como meio de transporte. Foi então que eu me decidi! Eu ía de bike! Merecia ao menos tentar!

Como eu não tinha uma bicicleta, teria que investir na compra de uma. Por ainda ter meus receios se esta empreitada daria certo, decidi comprar uma bike simples e o mais barato possível, mas de uma marca que eu confiasse. Optei por uma Caloi Terra, já que o valor dela era somente um pouco a mais do que eu gastava em 1 mês de ônibus, se desse certo, teria o retorno do investimento quase que imediatamente! Como minhas pesquisas sugeriam, também teria que investir na compra de algumas coisinhas como capacete, luvas, faróis e lanternas, nada exorbitante também.

De bike e equipamentos comprados, era hora de fazer o teste, então escolhi um dia do feriado prolongado de 01 de maio de 2008 para fazer o trajeto com meu novo veículo. Foi super tranquilo! Pedalar nas ruas quando se tem informações de como se portar é totalmente possível e agradável! Fui e voltei até a empresa naquele dia, demorei em torno de 40 minutos, pedalando tranquilamente e cheguei em casa com a sensação de que tinha feito uma das melhores escolhas da minha vida!

Hoje, quase 2 anos depois, tenho esta certeza!

Anúncios
>Como tudo REcomeçou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s